Sábado, 05 de Dezembro de 2020
(75) 98834-6881
Geral VACINAÇÃO

Mais de 20 milhões ainda não se vacinaram contra a gripe; prazo termina em junho

Segundo a pasta, a meta era que fossem vacinados 90% do público-alvo, mas até o momento 84% já tomaram a vacina.

23/06/2020 10h25 Atualizada há 5 meses
Por: Portal Bahia Online
Mais de 20 milhões ainda não se vacinaram contra a gripe; prazo termina em junho

Cerca de 20,8 milhões ainda não se vacinaram contra a gripe em todo o Brasil, segundo informações do Ministério da Saúde. Segundo a pasta, a meta era que fossem vacinados 90% do público-alvo, mas até o momento 84% já tomaram a vacina. Por causa da pandemia, a campanha de vacinação foi antecipada para 11 de março e o prazo termina no dia 30 de junho.

A vacina da gripe protege contra os três subtipos do vírus influenza que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo o ministério, a vacina é segura e reduz as complicações que podem levar a casos graves da doença e óbitos.

Entre o público-alvo, os idosos tiveram melhores resultados na campanha. Em seguida, estão os trabalhadores da área da saúde. Por outro lado o grupo com menor cobertura vacinal é o das gestantes, seguidas das crianças até cinco anos de idade, e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) com 63,8% do público vacinado.

O público-alvo da campanha deste ano é formado por idosos com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores da saúde, membros das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas com deficiência, professores de escolas públicas e privadas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (pós-parto até 45 dias) e pessoas de 55 a 59 anos de idade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.