E-mail

contatof5agencia@gmail.com

WhatsApp

(75) 98834-6881

MERCADO DE TRABALHO

Veja dez dicas para elaborar um currículo ideal

Aproveite

08/03/2020 22h07
Por: Portal Bahia Online

De uma maneira geral, por mais experiente que a pessoa seja, o currículo sempre deve ser sucinto e objetivo. Engana-se quem pensa que ganha pontos listando todas os cursos e eventos que frequentou desde o 1º semestre da faculdade.

Em linhas gerais, veja o que você deve explorar:

1 - Comece se apresentando (Dados Pessoais)

O candidato deve apresentar o seu nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade, contatos telefônicos e email.

2 - Informe suas pretensões (Objetivo)

Neste tópico, os profissionais precisam escrever de forma direta para que a empresa veja qual é a posição de interesse. Os candidatos não devem colocar diversos objetivos juntos. Essa seção do currículo só deve ser colocada se o candidato estiver respondendo ao anúncio de um cargo específico.

3 – Resumo de Qualificações

Coloque informações positivas relacionadas com as suas habilidades, conhecimentos e experiências. Todos nós, por mais novos que sejamos, temos habilidades e experiências que precisam ser ressaltadas. Cabe aqui falar sobre sua facilidade de comunicação, organização ou habilidade com ferramentas específicas. Em suma, deixe claro o que a empresa ganhará com a sua aquisição.

4 - Formação acadêmica

O candidato deve colocar o último grau de escolaridade que possui, ou seja, quem não tem nível superior deve citar o nível médio, e assim por diante. Profissionais com MBA, pós-graduação ou curso técnico devem mencioná-los. A descrição deve ter o nome da instituição, curso e ano ou previsão de término.

5 - Experiência profissional

Nesta seção valem as mesmas orientações feitas na seção anterior. Ou seja, as informações mais recentes vêm antes. Já que falamos de pessoas com pouca experiência, os estágios devem ser mencionados, assim como as atividades desenvolvidas no âmbito de cursos superiores como a participação em empresas juniores, núcleos profissionais. A informação deve trazer a identificação do local onde a atividade aconteceu, período (data de início e fim) e a tarefa ou tarefas desempenhadas.

6 - Cursos complementares

Cursos extracurriculares ou de curta duração e workshops podem ser informados. É importante mencionar o nome da instituição, mês e ano de início e término e carga horária.

7 - Idiomas

O candidato precisar ser honesto e indicar seu real conhecimento no idioma, já que o recrutador poderá testá-lo durante a entrevista. A fluência pode ser categorizada como: básico, intermediário, avançado e fluente. Caso o profissional não tenha conhecimento, não é necessário informar.

8 - Informática

O profissional pode informar seus conhecimentos em cada programa e categorizá-los. Para quem fez curso na área vale colocar, seguindo o padrão utilizado nos cursos complementares.

9 - Outras informações

Neste campo, o candidato pode informar experiências internacionais e trabalhos voluntários. Atividades feitas fora do horário de trabalho podem ser citadas, desde que tenham relação com o emprego ou destaquem as qualidades do profissional.

10 – Mais importante: O que não colocar

- Foto (Só deve ser enviada quando empregador solicitar)

- Número de documentos

- Informações negativas (Profissionais que não possuem algum tipo de conhecimento, não devem colocar essa informação. A melhor opção é não informar nada)

- Nome de pais, marido ou esposa e filhos

- Referências pessoais (Contatos de pessoas que podem falar sobre o profissional não devem ser indicados)

- Motivo de saída de empregos anteriores

- Pretensão salarial

- Cartas de referência

- Certificados de cursos realizados

- Data e assinatura 

Enfim, o currículo é uma oportunidade de fazer uma propaganda positiva a seu respeito. Aproveite. Por menos experiência que você tenha, sempre há alguma qualidade que você possa destacar. E esse é o momento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.