E-mail

contatof5agencia@gmail.com

WhatsApp

(75) 98834-6881

ALERTA

Lote de cerveja contaminado é apreendido após uma pessoa morrer ao ingerir a bebida.

A Polícia Civil investiga se o consumo da cerveja Belorizontina, da Backer, tem relação com a síndrome nefroneural que atingiu dez pessoas em Minas Gerais

11/01/2020 09h04Atualizado há 1 mês
Por: Portal Bahia Online

A fábrica da cervejaria Backer foi interditada por técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em Belo Horizonte, nesta sexta-feira (10), após exames laboratoriais realizados pela Polícia Civil de Minas Gerais identificaram a presença da substância tóxica dietilenoglicol nas amostras das linhas de produção L1 e L2 da cerveja.

Além da interdição, os fiscais apreenderam 16 mil litros de cervejas. O ministério também determinou ações de fiscalização para a apreensão dos produtos que ainda se encontram no mercado.

A Polícia Civil investiga se o consumo da cerveja Belorizontina, da Backer, tem relação com a síndrome nefroneural que atingiu dez pessoas em Minas Gerais. Uma delas morreu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.